PERFIL

Pedro Pacífico

Sou advogado e sempre gostei muito de ler. Na verdade, já tive fases de mais leituras, e outras de menos, mas nunca deixei de ter um livro na minha cabeceira. Em meados de 2017, fiquei com vontade de criar um espaço no Instagram para dividir minha opinião sobre os livros que lia. Como a leitura é um hábito, infelizmente, não tão valorizado em nosso país, sentia falta de poder conversar com outras pessoas que também partilhavam do amor pelos livros.
E foi aí que nasceu o Book.Ster por Pedro Pacífico.
Diariamente compartilho dicas, sugestões e críticas com os seguidores. E agora, cerca de um ano após a criação da página, decidi colocar as resenhas em um site, para conseguir levar para um público cada vez mais abrangente os benefícios da leitura.
É o que sempre digo e não canso de repetir: Leitura é hábito diário! Leia todos os dias, ao menos 3 páginas, e com isso você consegue manter esse hábito de extrema importância.
E aí, já leu hoje?

FICÇÃO, LIVROS

NOTA 8,5/10

Confissões, de Kanae Minato | Resenha

Até escolher o livro para a leitura conjunta do #desafiobookster2021, para o gênero de thriller, nunca tinha ouvido falar da autora japonesa Kanae Minato.

LEIA MAIS

LIVROS, NÃO FICÇÃO

NOTA 9/10

O mundo da escrita: como a literatura transformou a civilização, de Martin Puchner | Resenha

Como bem descrito pela revista britânica “The Bookseller”, o livro de Puchner pode ser considerado como “Sapiens para fanáticos por livros”. Ao longo das quase 500 páginas, o autor, que é professor de Literatura Comparada em Harvard, conseguiu conduzir o leitor por uma linha do tempo sobre a presença da escrita como ferramenta de comunicação.

LEIA MAIS

FICÇÃO, LIVROS

NOTA 9,5/10

Knulp, de Herman Hesse | Resenha

O meu primeiro contato com o ganhador do Prêmio Nobel de 1946 foi com “Sidarta”. Amei a leitura, sobretudo a forma como Hesse conseguiu em poucas páginas construir personagens profundos e nos conduzir por questionamentos existenciais.

LEIA MAIS

LIVROS, NÃO FICÇÃO

NOTA 9,5/10

“A morte é um dia que vale a pena viver” – Ana Claudia Arantes | Resenha

É muito comum ler críticas sobre livros de auto-ajuda, como se eles fossem um gênero inferior de leitura, sobretudo quando comparados a obras literárias. Como costumo falar por aqui, entendo que preconceitos literários e generalizações nos impedem de conhecer e diversificar nossas leituras e podem afastar alguns leitores da conversa sobre livros.

LEIA MAIS

Desafio Bookster

NOTA

#DesafioBookster2020 | Novembro

Quando se fala em livros, romance é um gênero narrativo muito mais amplo, que envolve uma história completa composta por “enredo, temporalidade, ambientação e personagens definidos de maneira clara”.

LEIA MAIS

FICÇÃO, LIVROS

NOTA 8,5/10

Wolf Hall, de Hilary Mantel | Resenha

Quando pensamos em Henrique VIII, é difícil não lembrar das polêmicas e jogos políticos que preencheram o seu reinado.

LEIA MAIS