LIVROS, NÃO FICÇÃO

“A morte é um dia que vale a pena viver” – Ana Claudia Arantes | Resenha

É muito comum ler críticas sobre livros de auto-ajuda, como se eles fossem um gênero inferior de leitura, sobretudo quando comparados a obras literárias. Como costumo falar por aqui, entendo que preconceitos literários e generalizações nos impedem de conhecer e diversificar nossas leituras e podem afastar alguns leitores da conversa sobre livros.

NOTA 9,5/10

LIVROS, NÃO FICÇÃO

Verificado “Nascido do crime”, de Trevor Noah | Resenha

Trevor Noah nasceu em uma África do Sul ainda marcada pelo apartheid. Um período triste e cruel da história do país, que se valeu das próprias diferenças de etnias que o país abarca para colocar a população negra em conflito e, assim, facilitar o domínio dos brancos. E é nesse cenário que o autor, um comediante muito aplaudido, inicia a sua autobiografia.⁣

NOTA 9/10

LIVROS, NÃO FICÇÃO

NOTA

Talvez você deva conversar com alguém, de Lori Gottlieb | Resenha

Se você leu o título do livro e achou que essa é mais uma obra que segue aquela antiga fórmula de autoajuda, com diversos exemplos e repetidas frases de efeito, você está totalmente enganado.

LEIA MAIS

LIVROS, NÃO FICÇÃO

NOTA 9/10

As bruxas da noite, de Ritanna Armeni | Resenha

Publicado em 2018 por uma jornalista italiana, a obra chegou ano passado aqui no Brasil, mas não tinha visto ninguém falar sobre ela ainda… Acabei descobrindo a obra por acaso, em pesquisas na internet para o Desafio Bookster. E que boa surpresa, sobretudo porque gosto dos livros jornalísticos que têm uma narrativa mais romanceadas, e menos informacional, exatamente como é o caso de “As bruxas da noite”. ⁣

LEIA MAIS

NÃO FICÇÃO

NOTA

Verificado “Pequeno manual antirracista”, de Djamila Ribeiro | Leitura necessária

Em um momento em que a discussão sobre discriminação racial está em destaque, a leitura desse pequeno livro de Djamila, uma importantíssima ativista e filósofa contemporânea nacional, permanece tão necessário. Se você tem dúvidas sobre o tema ou se ainda não sabe como pode agir de forma antirracista - ou contra qualquer tipo de discriminação - essa é uma obra que você precisa ler. Do meu ou do seu lugar de privilégio, o desconhecimento não pode ser usado como justificativa para atitudes discriminatórias. ⁣

LEIA MAIS

NÃO FICÇÃO

NOTA 8,5/10

Frida: a biografia, de Hayden Herrera | Resenha

Quando falo sobre biografias, costumo avisar que não sou um grande fã do gênero, principalmente das obras que contêm uma longa e detalhada descrição da vida de alguma personalidade.

LEIA MAIS