Veja também

DIVERSOS

Aos prantos no mercado, de Michelle Zauner | Resenha

No que você pensa que te faz pensar das pessoas amadas que já partiram? Para Michelle Zauner, a culinária coreana desperta suas memórias com sua mãe. Ao entrar em um supermercado especializado em comida asiática, a autora desaba. Olha ao seu redor e pensa: minha mãe poderia estar aqui. E junto com as lágrimas, vem a saudades.

NOTA 8/10

DIVERSOS

Fim, de Fernanda Torres | Resenha

Um grupo de 5 amigos cariocas que se conhecem na juventude e levam uma vida repleta de festas, relacionamentos e intrigas. Uma fase intensa, mas que não os prepara para os próximos capítulos de suas vidas, marcados pelas perdas, solidão e conflitos. Os amigos são muito diferentes um do outro e o seus destinos também os levarão para fins únicos.

NOTA Nota 8,5/10

DIVERSOS

NOTA 10/10

Mau hábito, de Alana Portero | Resenha

Um dos maiores destaques da literatura espanhola em 2023 foi o romance de estreia de Alana Portero. A autora nos apresenta de forma realista e sensível as dificuldades e angústias enfrentadas por uma criança trans. Mas a narrativa vai além do sofrimento, oferecendo ao leitor passagens comuns da vida de uma criança e adolescente. Seus gostos, medos, curiosidades, descobertas, primeira paixão… É um romance de formação de uma garota que cresce em um bairro operário na Madrid da década de 80.

Ainda que o destaque da obra seja o que se passa no interior da protagonista, Alana descreve um cenário interessantíssimo do bairro e das relações que a garota nutre com seus familiares e com os seus vizinhos. Há diversos personagens marcantes na obra, como Peruca e Raul.

Ao mergulharmos na juventude, conhecemos uma realidade ainda mais brutal, em que é possível sentir uma ameaça constante pela integridade física de uma pessoa que destoa do “padrão”. Como um membro da comunidade LGBT+, pude me identificar com alguma parcela do sentimento de inadequação da personagem. No entanto, as suas circunstâncias e o conflito com o próprio corpo me ensinaram sobre dores que estão muito distantes da minha vivência. E isso apenas confirma a relevância de lermos mais autoras e autores trans.

Além de um belíssimo texto literário, Alana faz um importante trabalho de elucidar discursos mentirosos e preconceituosos que orbitam a vivência de crianças trans. Um texto essencial e que recomendo muito!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

#DesafioBookster2024 | Favereiro

Mês: Fevereiro
Sentimento: Amor
Livro: Felicidade conjugal, de Lev Tolstói

NOTA

DIVERSOS

O deserto dos Tártaros, de Dino Buzzati | Resenha

Paciência. Tédio. Espera. Um dos maiores clássicos da literatura italiano, publicado em 1940, é um romance sobre a passagem do tempo. O jovem Giovanni Drogo é enviado para atuar como oficial do exército no Forte Bastiani. A notícia é recebida com grande entusiasmo, já que finalmente ele dará o primeiro passo no glorioso trabalho de defender o seu país.

NOTA 10/10