Veja também

DIVERSOS

Aos prantos no mercado, de Michelle Zauner | Resenha

No que você pensa que te faz pensar das pessoas amadas que já partiram? Para Michelle Zauner, a culinária coreana desperta suas memórias com sua mãe. Ao entrar em um supermercado especializado em comida asiática, a autora desaba. Olha ao seu redor e pensa: minha mãe poderia estar aqui. E junto com as lágrimas, vem a saudades.

NOTA 8/10

DIVERSOS

Fim, de Fernanda Torres | Resenha

Um grupo de 5 amigos cariocas que se conhecem na juventude e levam uma vida repleta de festas, relacionamentos e intrigas. Uma fase intensa, mas que não os prepara para os próximos capítulos de suas vidas, marcados pelas perdas, solidão e conflitos. Os amigos são muito diferentes um do outro e o seus destinos também os levarão para fins únicos.

NOTA Nota 8,5/10

DIVERSOS

NOTA 8/10

A casa dos budas ditosos, de João Ubaldo Ribeiro | Resenha

Luxúria. Foi a partir desse pecado capital que João Ubaldo Ribeiro escreveu uma de suas principais obras, que virou um clássico nacional da literatura erótica. Sem filtros e sem medo de impactar e causar incômodo no leitor, o autor dá vida às memórias de uma mulher misteriosa, que se denomina pelas siglas CLB.

E por trás de tantas descrições e fantasias sexuais, pode-se perceber uma mulher que não tem medo de ser livre para g0zar da forma que bem entender. É um chacoalhão em uma sociedade moralista e hipócrita. Mas até os mais “cabeça aberta” podem ser surpreendidos pelos relatos de CLB. Para mim, há momentos que foram difíceis de digerir.

E talvez se esse livro tivesse sido escrito hoje em dia, seria difícil fazer a leitura sem maiores críticas. Mas, tendo sido escrito no final do século passado, fica claro que a mentalidade por trás da construção das memórias eróticas de uma mulher é um reflexo daqueles tempos. Um homem pretender escrever sobre a libertação de uma mulher? Não seria uma visão distorcida, contaminada pelo imaginário masculino sobre o t3são da mulher?

O humor ácido e as críticas contidas na construção do texto foram, para mim, o ponto alto. São muitos os temas – polêmicos – que o autor aborda por meio de sua narradora. Fui com muitas expectativas e, por conta disso, talvez tenha me decepcionado um pouco. Achei interessante o conjunto da obra, mas não foi um livro que amei. Estou doido para assistir à adaptação da obra comandada por Fernanda Torres.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

É assim que acaba, de Colleen Hoover | Resenha

Depois de vocês votarem, resolvi dar uma chance para o fenômeno Colleen Hoover, que se mantém nas listas de mais vendidos há um tempo que eu nem sei dizer. E por que será que ela vende tanto? Na minha opinião, o principal motivo é sua escrita fácil e que prende o leitor.

NOTA 5/10

DIVERSOS

Ideologias, de Gabriela Prioli | Resenha

A rede social se transformou em um palco de acesso livre em que qualquer um - anônimo ou não - pode sair destilando sua opinião como especialista nas mais diferentes áreas. O problema que estamos esquecendo é que o simples fato de ter acesso a uma rede social não te torna especialista. Por conta disso, as plataformas viraram grandes fontes de desinformação e - pior que isso - de fake news. Ninguém mais tem paciência para pesquisar, se aprofundar nos temas, antes de discutir. Os debates viraram mais rasos e, quando o assunto envolve política, tudo se resume a ser de esquerda ou direita.

NOTA