Veja também

DIVERSOS

Úrsula, de Maria Firmina dos Reis | Resenha

A importância histórica dessa obra já é, por si só, suficiente para que você a leia: publicado em 1859, “Úrsula” é considerar o primeiro romance de autoria negra e feminina publicado no Brasil...

NOTA 7,5/10

DIVERSOS

#DesafioBookster2020 | Fevereiro

O gênero literário do mês é a ficção histórica, que pode ser definido como uma obra que mescla aspectos históricos verídicos com ficção...

NOTA

DIVERSOS

NOTA 8,5/10

“A marca da vitória”, de Phil Knight | Resenha

Quem me segue aqui há um tempo sabe que meu objetivo é indicar livros que vão além dos best-sellers, até porque eles já têm uma baita divulgação… Mas isso também não significa que eu não escolha leituras que estão na lista dos mais vendidos. Algumas obras são tão comentadas que eu fico com vontade de saber qual a minha opinião…

No caso da autobiografia do criador da Nike, Phil Knight, aconteceu isso: recebi muitas indicações que atiçaram meu interesse. Além disso, como eu estou tentando desenvolver meu gosto por biografias (que não costumam me agradar tanto), resolvi dar uma chance e incluir “A marca da vitória” nas últimas leituras de 2019. •
Quando a gente dá uma lida na sinopse, pode até parecer que vai encontrar mais uma história sensacionalista, daquelas que não dão a impressão de serem reais: Knight começou com um empréstimo de 50 dólares de seu pai, em 1963, e hoje é dono de uma das empresas mais famosas do mundo. Mas o que me surpreendeu e me interessou muito ao longo da leitura foi perceber o lado humano por trás dessa história, a quantidade de obstáculos corriqueiros que o criador da Nike enfrentou ao longo de sua carreira. E quando a gente fala em desafios, eles não são apenas comerciais, mas envolvem dúvidas pessoais, conflitos familiares, perdas, falta de sorte, e por aí vai…

Ou seja, a gente consegue se identificar com Knight e isso me deixou preso à sua história até o fim do livro. E se há obstáculos, também há passagens inspiradoras, principalmente pela crença do autor no poder de transformação do esporte, uma das suas grandes paixões. Ah, também há muitos detalhes interessantes sobre a história dessa marca, que vão desde o momento da criação da logomarca, até o escândalo envolvendo mão de obra infantil (que, na minha opinião, até poderia ser sido melhor desenvolvido).

Por isso, recomendo o livro! E não apenas para quem gosta de ler livros de empreendedores bem-sucedidos, na busca por lições que podem te ajudar a chegar no “topo”, mas também para quem tem interesse de conhecer mais sobre uma pessoa que já viveu e precisou lidar com situações comuns e desafiadoras.

Compre o livro AQUI!

Ao comprar o livro pelo link, você ajuda a página, sem gastar nada a mais por isso!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, de Marçal Aquino | Resenha

Com um estilo que me lembrou o incrível “As travessuras da menina má”, de Vargas Llosa, Marçal Aquino constrói a história de uma relação intensa entre Cauby e Lavínia, uma personagem com um passado repleto de traumas...

NOTA 8,5/10

DIVERSOS

Rota 66, de Caco Barcellos | Resenha

Conhecido como um dos principais jornalistas brasileiros, nessa obra, Barcellos se aprofundou no perfil e nas estatísticas das mortes causadas por confrontos com policiais nas décadas de 70 e 80 em São Paulo...

NOTA 9/10