Veja também

DIVERSOS

Germinal, de Émile Zola | Resenha

Confesso que essa foi uma leitura que comecei sem saber muito o que esperar… E para a minha felicidade, entrou para a lista de melhores do ano (e lá no topo)! “Germinal” é um clássico da literatura mundial e foi uma das obras responsáveis por inaugurar o naturalismo...

NOTA 10/10

DIVERSOS

A vida invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha – Resenha

A obra da autora brasileira Martha Batalha originou o filme “A vida invisível”, escolhido recentemente para disputar uma vaga pelo Brasil na categoria de filme internacional do Oscar de 2020.

NOTA 8,5/10

NÃO FICÇÃO

NOTA 7/10

21 lições para o século 21, de Yuval Harari | Resenha

Harari é, sem dúvidas, um autor de best seller garantido. “Sapiens” foi o seu primeiro sucesso mundial e, como já contei para vocês na resenha que fiz, é um livro realmente sensacional. A capacidade que o autor tem de nos contar sobre a extensa história da humanidade, sem tornar o texto maçante, técnico ou superficial é impressionante.
Em seu último lançamento, Harari pretende despertar a reflexão sobre questões sociais ou politicamente relevantes para o futuro da humanidade. Dentre os pontos trazidos, destaco imigração, terrorismo, justiça e educação.
Apesar de a premissa ter chamado minha atenção e me motivado a escolher essa leitura, a expectativa com que iniciei o livro não foi correspondida. Sabe quando um livro parecer ter o dobro de páginas do que realmente tem? Foi isso que senti: a leitura
foi arrastada, já que em muitas passagens senti que o autor não seguia uma linha de estrutura para suas ideias, mas se limitava a apresentar ideias soltas. Ainda que muitas delas sejam interessantes, e que realmente nos façam questionar ou desenvolver uma opinião sobre o tema, a experiência da leitura fica comprometida.
Além disso, as ideias acabavam se repetindo ao longo dos capítulos, como se o autor já escrevesse uma mesma opinião de diferentes formas. Isso talvez se dê pelo fato de Harari ter compilado diversas palestras e textos que escreveu para produzir a obra. “21 lições para o século 21” ficou, na minha opinião, com um toque mais comercial.
Importante lembrar que esse livro foi o primeiro que ouvi uma grande parte pela plataforma de audiobooks (ainda vou fazer um post apenas sobre isso), o que pode ter influenciado a minha opinião. Mas para falar a verdade, mesmo nas oportunidades em que resolvi ler o livro físico, a minha experiência não foi tão melhor.
De qualquer forma, não há como negar a importância dos temas aqui discutidos e a capacidade que Harari tem de disseminá-los para um grande número de pessoas. Para quem não conhece o autor, recomendo muito “Sapiens”.

Quero saber se vocês também. alguém já leu? O que acharam?

Para comprar o livro é só clicar AQUI!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

CLÁSSICOS

O eterno marido, de Fiodor Doistoiévski | Resenha

NOTA 9,5/10

Desafio Bookster

#DesafioBookster2019 | Julho

Como havia prometido, vou mostrar para vocês a minha escolha do desafio @book.ster para esse mês e dar indicações de outros livros com a temática a ser abordada. Se você só chegou aqui agora, não tem problema! Comece o desafio a partir desse mês e busque aqui na página o post oficial para entender melhor como funciona...

NOTA