Veja também

DIVERSOS

O fim de Eddy, de Édouard Louis | Resenha

Romance autobiográfico que fez bastante sucesso na França, “O fim de Eddy” retrata as dificuldades e conflitos internos vividos por um garoto que ainda questiona a sua sexualidade...

NOTA 8/10

DIVERSOS

Meu pequeno país, de Gaël Faye | Resenha

Se eu pudesse resumir esse livro em apenas um frase, seria: a dureza da guerra na perspectiva de uma criança. Gabriel, um narrador de apenas 10 anos, nos transporta para a guerra civil que assolou Ruanda, no início de 1992...

NOTA 8,5/10

FICÇÃO

NOTA

#DesafioBookster2019 | Maio

Maio – Meio ambiente
Livro escolhido: “A estrada”, de Cormac McCarthy
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Como havia prometido, vou mostrar para vocês a minha escolha do desafio @book.ster para esse mês e dar indicações de outros livros com a temática a ser abordada. Se você só chegou aqui agora, não tem problema! Comece o desafio a partir desse mês e busque aqui na página o post oficial para entender melhor como funciona.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O tema do mês de maio foi um dos que trouxe mais dificuldades na hora de escolher a obra para a minha leitura. Talvez porque esse seja um tema de difícil abordagem em um livro de ficção. Fiz uma pesquisa mais aprofundada e logo a obra de McCarthy apareceu como uma das opções. E como eu nunca havia lido nada do autor norte americano e também não tinha lido muita coisa sobre “A estrada”, decidi que essa seria uma boa oportunidade de escolher um livro e um autor que eu tão pouco conhecia. Uma escolha um pouco no escuro…
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O pano de fundo para a narrativa é um meio ambiente devastado, típico de um cenário pós apocalíptico! “As cidades foram transformadas em ruínas e pó, as florestas se transformaram em cinzas, os céus ficaram turvos com a fuligem e os mares se tornaram estéreis”. Vamos acompanhar a trajetória de pai e filho, andando sem rumo e em busca da sobrevivência e salvação.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Além do escolhido, indico os seguintes livros que abordam a temática: “Vidas secas”, de Graciliano Ramos; “Não verás país nenhum”, de Ignácio Loyola Brandão, “As cidades invisíveis”, de Italo Calvino; “Grande sertão: Veredas”, de João Guimarães Rosa.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E você, já escolheu sua leitura de maio?

Para comprar o livro é só clicar AQUI!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

FICÇÃO

A cor púrpura, de Alice Walker | Resenha

Escrita por meio de cartas, a obra de Alice Walker é considerada uma das mais importantes da literatura norte-americana. Retratando a triste vida de Celie, uma mulher negra que nasceu em uma família pobre do sul dos Estados Unidos...

NOTA 10/10

DIVERSOS, FICÇÃO

Se a rua Beale falasse, de James Baldwin | Resenha

Considerado um dos grandes inovadores da literatura afro-americana nas décadas de 50/70, Baldwin cria uma romance carregado de reflexões sobre desigualdade social e racial...

NOTA 7,5/10