Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

Um defeito de cor, de Ana Maria Gonçalves | Resenha

Sabe aquela leitura que você mal começa e já quer sair indicando? Então, com “Um defeito de cor” foi bem assim. Levei mais de 2 meses para ler as quase mil páginas e fiquei esse tempo todo ansioso para poder fazer essa resenha para vocês e recomendar a leitura!

NOTA 10/10

FICÇÃO, LIVROS

Gente ansiosa, de Fredrik Backman | Resenha

Vivendo em um período em que a ansiedade é um grande vilão, não há como não se sentir atraído por esse título. Mas logo que me deparei com a sinopse do romance do autor sueco, que se tornou um best seller em vários países, fiquei um pouco na dúvida sobre de que maneira o título do livro poderia se relacionar com a história.

NOTA 8/10

DIVERSOS, LIVROS

NOTA

Escolhas da vez! – Mulheres na literatura

Desde que criei o @book.ster, passei a conhecer um pouco mais sobre o mercado editorial e seus problemas. Dentre eles, a menor visibilidade de escritoras mulheres é um tema que merece atenção! Ano passado, analisando minhas leitura mais recentes, constatei que a proporção de autores homens ou mulheres dos livros era realmente distinta. Desde então, resolvi levar isso em consideração nas escolhas das minhas leituras. Como vocês sabem, costumo escolher 4 livros para ler ao mesmo tempo e, dessa vez, resolvi escolher livros apenas de escritoras mulheres.

As escolhas são sempre divididas em quatro categorias, que podem ser assim resumidas: um clássico; um livro curto (até 200 páginas); um autor contemporâneo/ficção científica; e um livro de não-ficção/contos/jornalístico/poemas. Isso me incentiva a ler alguns gêneros que não tenho tanto costume e também evita que eu canse de determinado livro.
Os escolhidos dessa vez são:

1 – Clássico: Orlando: uma biografia, Virginia Woolf – Livro escolhido do mês de março para o #desafiobookster2018! Já estou no meio dessa leitura e estou gostando MUITO. VW escreve bem demais!

Compre aqui esse livro: https://amzn.to/2rLTRvX 

2 – Livro curto: O voo da guará vermelha, Maria Valéria Rezende – A autora é brasileira e vencedora de diversos prêmios literários. O livro trata da relação de Irene e Rosálio. Ela, uma mulher que chega do Norte e, em São Paulo, se torna uma prostituta com Aids. Ele, um servente de pedreiro que vive na cidade grande.

Compre aqui esse livro: https://amzn.to/2ILpMqc

3 – Autor contemporâneo: Canção de ninar, Leïla Slimani – A obra foi vencedora do Goncourt, principal prêmio literário francês. Promete ser um romance muito instigante, daqueles que você não consegue parar de ler. Slimani é uma autora franco-marroquina e vai participar da Flip 2018 (@flipse).

Compre aqui esse livro: https://amzn.to/2L727Pb

4 – Livro de não-ficção: Quarto de despejo: diário de uma favelada, Maria Carolina de Jesus. O livro é escrito em forma de diário e retrata o difícil dia a dia de uma catadora de lixo na década de 50. Já iniciei a leitura e posso afirmar que é um soco no estômago.

Compre aqui esse livro: https://amzn.to/2rJ4cIm

E vocês, estão lendo o que? Vamos prestar mais atenção nas nossas escolhas e ler mais escritoras mulheres?

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

NÃO FICÇÃO

Leonardo da Vinci, Walter Isaacson

Essa foi uma leitura de altos e baixos - mais baixos, para falar a verdade. Biografia não é meu gênero favorito, mas tinha muita curiosidade em saber mais sobre a vida de Da Vinci e suas principais obras.

NOTA 6,5

NÃO FICÇÃO

DesCasos, Alexandra Szafir

Em DesCasos, o leitor acompanha 22 relatos de puta injustiça testemunhados por Alexandra, pelo período em que atuou como advogada criminalista de causas “pro bono”.

NOTA 9/10