Veja também

DIVERSOS

Aos prantos no mercado, de Michelle Zauner | Resenha

No que você pensa que te faz pensar das pessoas amadas que já partiram? Para Michelle Zauner, a culinária coreana desperta suas memórias com sua mãe. Ao entrar em um supermercado especializado em comida asiática, a autora desaba. Olha ao seu redor e pensa: minha mãe poderia estar aqui. E junto com as lágrimas, vem a saudades.

NOTA 8/10

DIVERSOS

Fim, de Fernanda Torres | Resenha

Um grupo de 5 amigos cariocas que se conhecem na juventude e levam uma vida repleta de festas, relacionamentos e intrigas. Uma fase intensa, mas que não os prepara para os próximos capítulos de suas vidas, marcados pelas perdas, solidão e conflitos. Os amigos são muito diferentes um do outro e o seus destinos também os levarão para fins únicos.

NOTA Nota 8,5/10

DIVERSOS

NOTA

#DesafioBookster2023 | Dezembro

#DesafioBookster2023

Mês: Dezembro
Acontecimento histórico: Pandemia COVID
Livro: Último olhar, de Miguel Sousa Tavares

Chegamos ao último mês do Desafio Bookster 2023 e amei conhecer tantos romances históricos de autores de diferentes nacionalidades. Para terminar, resolvi escolher um acontecimento recente, que impactou a todos nós nos últimos anos e mudou a forma como nos comportamos.

Ainda há poucos livros sobre o tema, talvez porque a sociedade ainda está digerindo a paralisação total, as perdas e a sensação de falta de controle. Fiquei interessado quando vi que um autor que gosto muito, o português Miguel Sousa Tavares, que escreveu “Equador”, iria publicar um livro que abordava a pandemia do COVID. Como esse momento tão devastador que vivemos será reportado nas páginas de autoras e autores que admiramos?

Sinopse:
“Pablo tem 93 anos e uma vida imensa. Lutou na Guerra Civil Espanhola, fugiu da morte na França, sobreviveu a um campo de extermínio nazista na Áustria e depois viveu 75 anos tão feliz quanto possível — até que uma pandemia de proporções imagináveis se alastrou pelo mundo e ele se viu abandonado abandonado em um lar de idosos na Espanha. É nesse mesmo local que trabalha Inez, uma médica espanhola que deixa seu marido e sua casa para trás para enfrentar a nova realidade que confronta não apenas sua profissão, mas tudo o que está à sua volta. Ao conhecer Paolo, um médico intensivista italiano que está na linha de frente do combate à covid-19, ela pouco a pouco toma dimensão de que essa nova doença é sinônimo de solidão e vai virar a vida de todos eles de cabeça para baixo. É um vírus desconhecido, que convoca cada indivíduo a enfrentar dilemas éticos a que se julgavam imunes.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

Como se fosse um monstro, de Fabiane Guimarães | Resenha

É muito bom encontrar obras que abordam temas pouco encontrados na literatura. Nunca tinha lido uma narrativa que envolvesse o tema da barriga de aluguel. No Brasil, a prática remunerada é ilegal e muitos brasileiros acabam tendo que recorrer a países que regulamentaram a barriga de aluguel. Na história construída por Fabiane Guimarães, encontramos uma situação peculiar: uma jovem, que vive em condições de escassez, acaba aceitando uma oferta quase que irrecusável - e totalmente ilegal - para gerar um ser humano que logo após o parto seria retirado de seus braços.

NOTA 9/10

DIVERSOS

A casa dos budas ditosos, de João Ubaldo Ribeiro | Resenha

Luxúria. Foi a partir desse pecado capital que João Ubaldo Ribeiro escreveu uma de suas principais obras, que virou um clássico nacional da literatura erótica. Sem filtros e sem medo de impactar e causar incômodo no leitor, o autor dá vida às memórias de uma mulher misteriosa, que se denomina pelas siglas CLB.

NOTA 8/10