Veja também

Desafio Bookster

#DesafioBookster2024 | Maio

Mês: Maio
Sentimento: Culpa (mas prometo que o livro promete ser alto astral, hehe)
Livro: Sr. Loverman, de Bernardine Evaristo

NOTA

DIVERSOS

Nove histórias, de J. D. Salinger | Resenha

Embora o autor norte-americano J D Salinger seja conhecido mundialmente por “O apanhador no campo de centeio”, publicado em 1951 e com dezenas de milhões de cópias já vendidas, o seu talento de escrever histórias curtas é até mais festejado por quem é fã de seu trabalho.

NOTA 8/10

DIVERSOS

NOTA

Desafio Bookster 2023 | Março

#DesafioBookster2023
Mês: Março
Tema: Escravidão
Livro: Água de Barrela, de Eliana Alves Cruz

Quando falamos de momentos históricos marcantes, não podemos deixar de lado um capítulo brutal da nossa História: a escravidão, que no nosso país fez milhões de vítimas, deixando marcas tão profundas na sociedade que são sentidas até hoje.

Para nos aprofundarmos nesse tema por meio da literatura, escolhi a obra de um dos grandes nomes da literatura nacional: Eliana Alves Cruz, que retrata os desdobramentos da escravidão a partir da saga de uma família afro-brasileira, com riqueza dos detalhes históricos baseado na trajetória de sua própria família durante o Brasil colônia até o início do século XX. A autora registra o processo de captura e comercialização de pessoas trazidas de África para o Brasil, e aqui vendidas e escravizadas entre o fim do século XIX e início do século XX, passando pela lei do ventre livre, lei áurea e diversos desdobramentos históricos até os dias atuais. São mais de 100 anos de história deste povo trazido à força para o Brasil, com o objetivo de exploração.

Sinopse:
“As muitas mulheres negras presentes no romance Água de barrela, de Eliana Alves Cruz encontram no lavar, passar, enxaguar e quarar das roupas das patroas e sinhás brancas um modo de sobrevivência em quase trezentos anos de história, desde o Brasil na época da colônia até o início do século XX. O título do romance remete a esse procedimento utilizado por essas mulheres negras de diferentes gerações e que garantiu o sustento e a existência de seus filhos e netos em situações de exploração, miséria e escravidão. A narrativa inicia-se com a comemoração do aniversário de umas das personagens após viver um século de muitas lutas, perdas, alegrias, tristezas e principalmente resiliência. Damiana, personagem central para a narrativa, cansada das batalhas constante e ininterruptamente travadas pela liberdade, se vê rodeada por sua família e se recorda dos tempos de lavadeira.”

Bora mergulhar na obra de Eliana? Tem link para compra do livro com desconto nos stories.

@editoramale
322 pgs

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

Irmão de alma, de David Diop | Resenha

Escolhido para o primeiro mês do Desafio Bookster 2023, o livro do autor francês criado no Senegal traz uma visão diferente sobre o tema da 1ª Guerra Mundial. Aprendemos nas escolas e em outros livros a partir da participação dos países europeus. No entanto, David Diop constrói um romance brutal centrado em personagens senegaleses, que são convocados a deixarem o seu país e lutarem contra os inimigos dos franceses. Eles não conhecem seu inimigo, mas são ensinados a cumprir com a única obrigação de matar.

NOTA 9/10

DIVERSOS

A mercadoria mais preciosa, de Jean-Claude Grumberg | Resenha

Uma leitura que pode facilmente ser feita em um único dia, mas que fica muito tempo nos seus pensamentos. Essa pequena obra, construída quase como se fosse uma fábula, encanta pela sensibilidade e incomoda pela tristeza dos acontecimentos descritos.

NOTA 10/10