Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

As bruxas da noite, de Ritanna Armeni | Resenha

Publicado em 2018 por uma jornalista italiana, a obra chegou ano passado aqui no Brasil, mas não tinha visto ninguém falar sobre ela ainda… Acabei descobrindo a obra por acaso, em pesquisas na internet para o Desafio Bookster. E que boa surpresa, sobretudo porque gosto dos livros jornalísticos que têm uma narrativa mais romanceadas, e menos informacional, exatamente como é o caso de “As bruxas da noite”. ⁣

NOTA 9/10

DIVERSOS

#DesafioBookster2020 | Setembro

Um dos aspectos mais positivos do Desafio Bookster para mim é o incentivo à leitura de obras e gêneros que não costumo ler muito. Apesar de serem extremamente populares, os livros de suspense não aparecem com tanta frequência na minha lista de leituras.

NOTA

NÃO FICÇÃO

NOTA 8,5/10

Frida: a biografia, de Hayden Herrera | Resenha

Quando falo sobre biografias, costumo avisar que não sou um grande fã do gênero, principalmente das obras que contêm uma longa e detalhada descrição da vida de alguma personalidade. Não é uma crítica ao gênero em si, mas apenas uma constatação de que para mim a leitura normalmente não flui tão bem. Mas, ainda assim, a curiosidade de saber mais sobre a vida de personagens que admiro, não me impede de me aventurar nesses livros… E foi justamente assim com o caso de Frida.⁣⁣
⁣⁣
No ano passado, quando comecei a ler a sua biografia, logo me interessei bastante, mas aos poucos a leitura ficou mais arrastada. Por isso, senti que naquele momento o livro não estava sendo uma boa opção e acabei decidindo deixá-lo de lado – depois de cerca de 200 páginas lidas. ⁣⁣
⁣⁣
Esse ano, durante a quarentena, fiquei com vontade de retomar a leitura (como não fazia tanto tempo, retomei de onde havia parado). E a experiência melhorou muito! O trabalho feito pela autora, uma reconhecida historiadora da arte, é extenso e fruto de uma impressionante pesquisa. E o que eu mais gostei foi não só a forma como Hayden Herrera reconstrói as passagens mais importantes da vida de Frida, mas também como a autora apresenta ao leitor uma análise didática e muito interessante sobre as principais obras da autora (a edição é repleta de imagens).⁣⁣
⁣⁣
A vida de Frida é um emaranhado de acontecimentos intensos. A artista tinha um impressionante espírito revolucionário, de alguém que está muito à frente do seu tempo e vive sem o medo de ser julgada pelos outros. O amor que sentia pelas artes, o forte posicionamento político e a paixão conturbada – e não saudável – por Diego Rivera foram um importante alimento durante os períodos em que precisou viver em uma cama, com muitas dores, fruto de um acidente que sofreu ainda jovem. ⁣⁣
⁣⁣
Para quem gosta do gênero e tem interesse em conhecer mais sobre a vida da artista, essa é uma obra imperdível! Mas fica aqui a minha dica de ler o livro junto com alguma obra mais fluida, menos densa… Com isso, você ganha mais ritmo para continuar lendo essa biografia tão marcante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

FICÇÃO

A morte e a morte de Quincas Berro D’água, de Jorge Amado | Resenha

O título já indica: Joaquim Soares da Cunha, também conhecido pela vida arruaceira como Quincas Berro D'água, morreu. Morreu fisicamente e, por ser muito querido, deixou um ar de tristeza em seus amigos. Até porque o personagem era famoso pelas ruas de Salvador, por onde andava com a cachaça na cabeça e em busca das mulheres de sua vida… ⁣

NOTA 8,5/10

Desafio Bookster, FICÇÃO

Amada, de Toni Morrison | Resenha

Não há dúvidas que algumas leituras exigem mais do leitor. Às vezes, começamos uma obra e, mesmo depois de várias páginas, ainda sentimos dificuldades para compreender por onde a autora está nos conduzindo.

NOTA 9,5/10