Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

Pacientes que curam, de Julia Rocha | Resenha

Adoro livros que envolvem o universo médico e, por conta disso, já havia recebido várias indicações do livro da Julia Rocha, - mulher, negra, mãe, cantora e que, além de tudo isso, também é médica da família. Em textos curtos, a autora compartilha com os leitores a sua vivência como médica do Sistema Único de Saúde (SUS - aliás, viva o SUS!).

NOTA 9/10

FICÇÃO, LIVROS

Violeta, de Isabel Allende | Resenha

Já imaginou ler a história de alguém que nasceu em meio a gripe espanhola, na década de 20, e viveu para testemunhar o mundo paralisado pela pandemia em pleno 2020? Bom, é justamente essa linha de tempo contemplada por “Violeta” que, ainda por cima, conta com a escrita fantasiosa de Allende.

NOTA 9/10

DIVERSOS, LIVROS

NOTA

Escolhas da vez!

Quem me acompanha aqui há algum tempo sabe que eu costumo escolher as minhas leituras com base em 4 categorias: (1) clássico; (2) livro curto de até 200 páginas; (3) autor contemporâneo ou ficção científica; e (4) livro de não-ficção / de contos / poemas. .

Ou seja, escolho 4 livros e só vou começar um livro diferente depois que eu acabar a “leva” atual. Com isso, acabo saindo da zona de conforto e me incentivo a ler obras de diferentes temáticas e gêneros. Ah, mas isso não significa que eu leio os 4 livros simultaneamente! Gosto de começar 2 e aí vou iniciando os próximos conforme vou finalizando as leituras. E também não tem regra de qual ler no dia… O importante é não deixar nenhum livro de lado. Essa “técnica” ajuda muito no ritmo da leitura e evita que eu canse de determinada obra.

Escolhas de vez:

1 – Clássico: “Pedro Páramo”, Juan Rulfo – Livro escolhido para a #leituraconjuntabookster . Apesar de ser um livro não tão conhecido no Brasil, é considerado como o romance mais aclamado da literatura mexicana. Um livro curto, mas que promete impactar o leitor! Animado para a 1a live com vocês, no dia 25/11, às 21:30hrs.

Comprar: https://amzn.to/2S330ey

2 – Livro de até 200 páginas: “Do amor e outros demônios”, Gabriel García Márquez – Gosto muito das narrativas do autor colombiano. Nessa obra, o autor se vale de seu realismo fantástico para trazer a incrível história de uma garota, filha de um marquês, que aparenta estar possuída por um demônio. Mas será que é isso mesmo?

Comprar: https://amzn.to/2Q5JAIx

3 – Autor contemporâneo: “Não me abandone jamais”, Kazuo Ishiguro – Escolha de novembro para o #desafiobookster2018. Obra do vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 2017. De acordo com a editora, a obra “reflete, através da ficção científica, a questão da existência humana”.

Comprar: https://amzn.to/2S1tdd8

4 – Livro de não-ficção: “Nú, de botas”, Antonio Prata – Estava querendo um livro mais leve e divertido para compensar as últimas leituras mais pesadas que fiz. Nessa obra, Antonio Prata promete reviver, com humor e inteligência, as memórias de sua infância.
E vocês, estão lendo o que?
#bookster

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

LIVROS

O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde | RESENHA

Publicado pela primeira vez em 1890, a obra de Wilde foi recebida com muitas críticas, principalmente por conter indícios de relações homossexuais entre os personagens.

NOTA 9,5/10

LIVROS

Trilogia suja de Havana, Pedro Juan Gutiérrez | RESENHA

A obra reúne pequenos contos, em sua maioria autobiográficos, e todos com um ponto em comum: o cenário!

NOTA 09/10