Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

Pacientes que curam, de Julia Rocha | Resenha

Adoro livros que envolvem o universo médico e, por conta disso, já havia recebido várias indicações do livro da Julia Rocha, - mulher, negra, mãe, cantora e que, além de tudo isso, também é médica da família. Em textos curtos, a autora compartilha com os leitores a sua vivência como médica do Sistema Único de Saúde (SUS - aliás, viva o SUS!).

NOTA 9/10

FICÇÃO, LIVROS

Violeta, de Isabel Allende | Resenha

Já imaginou ler a história de alguém que nasceu em meio a gripe espanhola, na década de 20, e viveu para testemunhar o mundo paralisado pela pandemia em pleno 2020? Bom, é justamente essa linha de tempo contemplada por “Violeta” que, ainda por cima, conta com a escrita fantasiosa de Allende.

NOTA 9/10

Desafio Bookster

NOTA

#DesafioBookster2018 – Outubro

Mês: Outubro – Livro publicado na década de 1990 – “Trilogia suja de Havana”, Pedro Juan Gutiérrez (1998)
Para quem ainda não conhece, criei Desafio Book.ster 2018 com o objetivo de, incentivar a leitura de obras clássicas publicadas no século XX, seguindo uma ordem cronológica. A ideia é simples: 12 livros, 12 décadas. Por exemplo, em janeiro lemos um livro publicado entre 1900 e 1909, em fevereiro da década de 1910… e por aí vai!
Se você não começou, ainda dá tempo de participar: é só escolher um livro para esse mês e que tenha sido publicado na década de 90.
Alguns dias antes de começar cada mês, posto para vocês o livro escolhido, assim como algumas sugestões de obras publicadas na mesma década!

O escolhido dessa vez foi um clássico da literatura latino americana. Gutiérrez é considerado um dos principais autores cubanos e meu primeiro contato com a sua obra foi no ano passado, quando li o incrível “O rei de Havana”. Tem resenha aqui já (não deixe de ler)! Gostei tanto do livro que no final do ano fiz um post e classifiquei o livro como um dos 5 melhores lidos em 2017. E o mais legal é que não conhecia o autor, que foi indicação por acaso de um vendedor em uma livraria. Depois dessa grande surpresa, fiquei com muita vontade de ler mais de sua produção literário e, por isso, logo inclui a sua obra mais famosa no Desafio de 2018.
Em “Trilogia suja de Havana”, o autor traz o cotidiano de Cuba em meio à crise econômica vivida nos anos 90, abordando temas como a fome, sexo, pobreza, álcool e drogas. A escrita do autor é extremamente explícita, direta e, como senti lendo o “O rei de Havana”, flui muito bem! .

Além do escolhido, indico os seguintes livros publicados na década de 1990: “O evangelho segundo Jesus Cristo”, José Saramago (1991); “O mundo de Sofia”, Jostein Gaarder (1991); “Rota 66”, Caco Barcellos (1992); “Harry Potter e a pedra filosofal”, J. K. Rowling (1997); e “Os detetives selvagens”, Roberto Bolaño (1998) .

E você, já escolheu sua leitura de outubro? .

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

Desafio Bookster, LIVROS

Crônica de uma morte anunciada, Gabriel García Márquez | Resenha

Como conseguir prender a atenção do leitor quando você já conta o final da história logo na primeira frase?

NOTA 09/10

LIVROS

Contos de assombro

Eu confesso que não sou um leitor tão aficionado pelo gênero do terror e da literatura fantástica. Não é que não gosto, mas não costuma ser a minha primeira escolha...

NOTA 10/10