Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

Pacientes que curam, de Julia Rocha | Resenha

Adoro livros que envolvem o universo médico e, por conta disso, já havia recebido várias indicações do livro da Julia Rocha, - mulher, negra, mãe, cantora e que, além de tudo isso, também é médica da família. Em textos curtos, a autora compartilha com os leitores a sua vivência como médica do Sistema Único de Saúde (SUS - aliás, viva o SUS!).

NOTA 9/10

FICÇÃO, LIVROS

Violeta, de Isabel Allende | Resenha

Já imaginou ler a história de alguém que nasceu em meio a gripe espanhola, na década de 20, e viveu para testemunhar o mundo paralisado pela pandemia em pleno 2020? Bom, é justamente essa linha de tempo contemplada por “Violeta” que, ainda por cima, conta com a escrita fantasiosa de Allende.

NOTA 9/10

LIVROS

NOTA 8,5/10

O voo da guará vermelha, Maria Valéria Rezende

10 Maria Valéria Rezende, brasileira, já ganhou diversos prêmios literários e possui várias obras publicadas. Primeiro escolhi a autora e, só depois, fui decidir o livro. O voo da guará vermelha me ganhou pela sinopse: a relação improvável entre pessoas com pouco em comum. Irene, prostituta e soropositiva. Rosálio, pedreiro e analfabeto. E é no meio de um cenário de poucas esperanças que o afeto entre duas pessoas – aparentemente muito diferentes – se revela uma possível salvação para cada um. Quando Irene conhece Rosálio, enxerga nele um possível cliente. Mas, na verdade, Rosálio passa a frequentar o quarto de Irene não para satisfazer as suas vontades sexuais, mas sim para preencher o vazio, a solidão de cada um. Rosálio, sem saber ler ou escrever, se descobre um excelente contador de histórias. Nesses momentos do livro, o leitor vai conhecendo um pouco da – triste e batalhadora – trajetória de vida do personagem. E Irene, que se compadece e, ao mesmo tempo nutre um sentimento – talvez amor? – por Rosálio, passa a escrever essas histórias em um velho caderno. Gostei muito do trabalho da autora que, a partir de um cotidiano simples e triste, conseguiu mostra uma faceta do belo, se valendo de uma escrita sensível e sem floreios. Uma excelente contribuição para a leitura nacional! Vamos ler mais escritoras mulheres, vamos ler mais autores nacionais!

 

Se você gostou, compre o livro clicando no link e ajude a página a se manter: https://amzn.to/2KPYHzA

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

DIVERSOS

Escolhas da vez!

Normalmente leio 4 livros ao mesmo tempo e costumo postar as escolhas aqui para vocês.

NOTA

CLÁSSICOS, FICÇÃO

Olhai os lírios do campo, Érico Veríssimo

Essa foi a obra que colocou Veríssimo em uma categoria de destaque na literatura nacional. De fato, o autor escreve muito bem e consegue, de uma forma sensível, cativa o leitor e envolvê-lo com os personagens. No entanto, confesso que essa não foi uma leitura que amei...

NOTA 7,5/10