Veja também

LIVROS, NÃO FICÇÃO

As bruxas da noite, de Ritanna Armeni | Resenha

Publicado em 2018 por uma jornalista italiana, a obra chegou ano passado aqui no Brasil, mas não tinha visto ninguém falar sobre ela ainda… Acabei descobrindo a obra por acaso, em pesquisas na internet para o Desafio Bookster. E que boa surpresa, sobretudo porque gosto dos livros jornalísticos que têm uma narrativa mais romanceadas, e menos informacional, exatamente como é o caso de “As bruxas da noite”. ⁣

NOTA 9/10

DIVERSOS

#DesafioBookster2020 | Setembro

Um dos aspectos mais positivos do Desafio Bookster para mim é o incentivo à leitura de obras e gêneros que não costumo ler muito. Apesar de serem extremamente populares, os livros de suspense não aparecem com tanta frequência na minha lista de leituras.

NOTA

LIVROS

NOTA 09/10

O gigante enterrado, Kazuo Ishiguro

Não costumo ler literatura fantástica, mas às vezes acabo escolhendo alguns livros de gêneros diferentes para sair da minha zona de conforto. Foi em uma dessas escolhas que comecei a ler O gigante enterrado e posso afirmar que fui muito surpreendido de forma positiva. Narrando a trajetória de um casal de idosos em busca de seu filho, em uma terra mágica e amaldiçoada por uma névoa do esquecimento, o autor aborda de uma forma muito profunda questões envolvendo a importância da memória e a força do amor. Recomendo a leitura, mesmo para quem não está acostumado com o gênero fantástico. A escrita é muito fluída e poética.

 

Se você gostou, compre o livro clicando no link e ajude a página a se manter: https://amzn.to/2LgGWdB

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.

Nome*:

Email*:

Comentário*

Veja também

FICÇÃO, LIVROS

Butcher’s crossing, John Williams

A narrativa do livro tem como foco os desafios de um jovem que, após largar os estudos em Harvard, decide se aventurar pelo interior dos Estados Unidos.

NOTA 08/10

LIVROS

O pomar das almas perdidas, Nadifa Mohamed

A história é triste, bem triste, mas mostra a força do ser humano ao lidar com situações degradantes.

NOTA 08/10